3 de maio de 2009

03/05/08 (1ª parte) - Karina Monroe

Poderia ser um dia normal como qualquer outro, mas o primeiro grande mico o marcaria para sempre.

Bom, acordamos cedo para nos prepararmos para ir novamente a Lisboa. Desta vez, pegamos um ônibus até lá e depois o métro para a estação Rossio. Antes de ir ao Castelo de São Jorge, que era o nosso objetivo principal, fomos ao largo de Camões para conhecer um dos cafés mais famosos da cidade. E foi aí, indo à Praça Luis de Camões, que ouvimos um grito... Ao olharmos para trás, estava Karina tentando segurar sua saia que voava livremente pelos ares lisboetas... hahahahaha... uma clássica cena "a la Marilin Monroe".


Nesse momento, todos os olhares, os nossos, dos pedestres ao redor, dos comerciantes, dos moradores, dos velhinhos, dos turistas e da estátua de Luís de Camões se viraram para Karina, que vermelha de vergonha, tentava se esconder, sem sucesso.

Obrigado, Karina, por proporcinar, não só a nós que viajamos com você, mas a todas as pessoas que puderam estar no lugar certo, na hora certa, momentos de alegria e muitos, muitos risos... hahahahaha.

Continua em: 03/05/08 (2ª parte)- Largo de Camões

2 comentários:

karla disse...

É A NOSSA KARINA, QUE NUNCA PERCA ESTA LUZ. SAUDADES.

Babi disse...

Vc é Linda em qualquer estilo ,E de Monroe ficou o MAXIMO! ! !
Beijo bem grande
.....sempre no meu coraçao !